sexta-feira, 8 de julho de 2011

O adesivo de pinguim : reflexões de ( mais) uma noite insone de inverno

Não é lindo o meu pinguim?
Três horas da manhã e eu sentada no chão da cozinha, em frente à geladeira, colando o adesivo de pinguim que havia comprado  quinze dias atrás. Ainda nãotinha aderido à moda desses adesivos decorativos, só observava os lançamentos, mas aquele foi amor à primeira vista.
Adoro pinguins. São alegres, brincalhões, engraçados. Em um zoológico que visitei certa vez, uma dessas criaturinhas encantadoras dava volteios incansáveis pela piscina, se exibindo para a  platéia, e depois subia num lugar mais alto para posar para fotos. Pode?
 Mas, ao mesmo tempo que aquela imagem me inspirava uma enorme alegria, comecei a pensar  no imponderável da vida.  Projetos que tem de ser adiados quando estão no melhor momento. Doenças, que de uma hora para outra incapacitam por dias, semanas ou anos. Eu mesma fiquei afastada de minhas atividades devido a uma dor infernal na região lombar que não havia analgésico que desse jeito. Pessoas queridas que são tiradas de nós pela morte num suspiro. Outras, tiradas pela falta de compreensão e comunicação. E aquelas que optam seguir a vida delas do jeito que quiserem, sem se importar com os outros. E também as incertezas de qual rumo tomar...
 Bem, ficou perfeito!  Agora, toda vez que entrar na minha cozinha, vou ter a certeza que, não importa o que aconteça,  a felicidade está nas pequenas coisas do dia a dia. Como colar um adesivo de pinguim na  geladeira.